Vereador questiona finalidade do canal extravasor e porque o mesmo ainda não foi utilizado

Marcelo Machado (PP) solicitou na sessão da última segunda-feira (12) que o Secretário de Estado da Defesa Civil Rodrigo Moratelli responda aos questionamentos na Câmara de Vereadores de Ituporanga

                A indicação 089/2017 feita pelo vereador Marcelo Machado (PP) pede que o Secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli venha até uma sessão da Câmara de Vereadores de Ituporanga esclarecer aos vereadores e também a população, qual a finalidade do canal extravasor construído na Barragem Sul. O vereador disse que acompanhou toda a construção não só desse canal, mas também da sobre-elevação do vertedouro, afirmando ainda que a elevação em dois metros ajudou muito a evitar uma enchente maior. Já o canal extravasor, até o momento, não foi utilizado. “Nós tivemos várias informações que esse canal extravasor não estaria funcionando, isso é muito grave, foram investidos 60 milhões de reais. A gente fala em responsabilidade com dinheiro público. Para que a construção desse canal se não está sendo utilizado?”, questionou o vereador.

            Durante o uso na tribuna Marcelo lembrou que a barragem durante a enchente no início desse mês atingiu 85% da capacidade máxima e ninguém abriu o canal extravasor mesmo dando três dias de tempo seco. “O canal extravasor ficou fechado e apenas duas comportas foram abertas, mesmo sabendo que a previsão era de mais chuva. A chuva chegou, a barragem verteu mais de dois metros por cima do vertedouro e mesmo assim o canal extravasor ficou fechado. Agora uma semana para esvaziar a barragem e o canal continua fechado. Isso está correto? Para que fazer esse canal extravasor? Para que gastar 60 milhões de reais se não se pode usar?”, indagou.

            O vereador afirma ainda que recebeu algumas informações de que em Ituporanga, tentaram abrir o canal com um guindaste e não conseguiram. “Tinha um guindaste de 60 toneladas e não conseguiram mexer na comporta, precisavam de um com capacidade para 260 toneladas. Isso são informações que eu colhi de pessoas que ajudaram na construção do canal. Então são informações extraoficiais. Mas uma coisa é certa, não funcionou, não conseguiram abrir e isso poderia ter trazidos danos gigantescos se nesses três dias de tempo seco tivesse chovido. Então por isso a importância do Secretário vir nos dar explicações, porque nem o coordenador da Defesa Civil de Ituporanga consegue nos repassar essas informações, pois não são eles que controlam a barragem”. comentou.

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif               Marcelo lembrou que é a Secretaria de Estado da Defesa Civil quem está monitorando e controlando as manobras nas barragens do Alto Vale. Ele questionou se isso é o certo ou seria apenas para beneficiar Blumenau. “Rio do Sul virou um banheirão, quinta enchente em seis anos. Blumenau teve uma em 2008. Alguma coisa tem, não sei se é o poder econômico, já que a cidade tem mais de 300 mil habitantes, mas uma coisa é certa, Rio do Sul vem sendo prejudicado e nós em Ituporanga estamos servindo apenas para segurar toda essa água”, concluiu.