Vereador solicita criação no município de Programa para controlar proliferação de borrachudos

A indicação de autoria do vereador Leandro Heinzen (PSB) pede que o executivo faça um estudo para criação de uma comissão para elaborar o projeto.

A combinação de muita chuva, umidade, falta de um inverno rigoroso e o abafamento contribuem para aumentar a proliferação de mosquitos, em especial o borrachudo. Quem mora em áreas mais arborizadas ou próximos a rios e córregos são os que mais sofrem. O assunto foi tema de indicação na Câmara de Vereadores na sessão de segunda-feira (01). O vereador Leandro Heinzen (PSB) pediu que o executivo faça um estudo da viabilidade da formação de uma comissão. Essa comissão criaria um programa de controle de borrachudos no município. “O borrachudo tem sido um problema muito grande em Ituporanga, acredito que uma parceria entre o poder público municipal e outros órgãos,além da comunidade, pode contribuir para a realização de ações de combate a esse inseto”, afirmou.

Os borrachudos são pequenos insetos de coloração escura e que se criam em rios e córregos. Segundo Heinzen, o desmatamento das matas ciliares junto com o lixo e os rejeitos industriais aumentam ainda mais a sua proliferação. “Acredito que a limpeza feita com frequência nos rios e em córregos auxiliaria e muito. Mas isso deveria ser de forma contínua, essas ações não deveriam ser feitas apenas uma vez. Peço que seja estudado e viabilizado um programa onde a comunidade em parceria com a Epagri, Associações e o poder público participem e ajudem no combate a esse mosquito que incomoda tanto, principalmente no interior”, finalizou.

Assessoria de Comunicação

Erlon Carlos