Vereador sugere mutirão para viabilizar ligação asfáltica entre Ituporanga e Atalanta

Projeto para execução da obra está pronto. Falta empenho para que as obras iniciem

   Uma reivindicação antiga da população da Região da Cebola, a ligação asfáltica entre Ituporanga e Atalanta voltou a ser repercutida na Câmara de Vereadores de Ituporanga. O assunto foi tema do discurso do vereador Diogo Gastaldi (PMDB), durante a sessão de quarta-feira, 01.  Para Gastaldi, é necessário unir forças para que o projeto saia do papel.

   “Minha sugestão é formarmos um mutirão, onde cada vereador vá a Florianópolis, busque apoio dos deputados, para que possamos tirar esse projeto do papel”, explicou.

   Gastaldi explicou que o projeto para que a ligação asfáltica seja feita já está pronto, precisa apenas a liberação do governador para que as obras sejam executadas. “Uma das partes mais caras de uma obra é fazer o projeto, e isso está pronto. Precisa de empenho das autoridades para que consigamos arrancar essa obra do governador”, relatou.

   Alem de trazer benefícios para o desenvolvimento da cidade de Atalanta, a obra geraria economia também para as prefeituras das duas cidades, Atalanta e Ituporanga, já que as administrações se dividem para manter o trajeto em condições de trafegabilidade. “Quanto cascalho, quanta despesa a menos o município teria, se o Estado executasse essa obra?”, questionou.

   A obra está listada entre as prioridades do Orçamento Regionalizado da Agencia de Desenvolvimento Regional de Ituporanga (ADR). Alem dos vereadores de Ituporanga, a sugestão é unir forças com demais autoridades da região, prefeitos de Ituporanga e Atalanta, vereadores de Atalanta, e Deputados Estaduais que representam a região, para reivindicar a obra por meio de uma audiência com o vice governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB) e o governador do Estado Raimundo Colombo (PSD).

Câmara de Vereadores de Ituporanga

Assessoria de Comunicação

98803-7733